sábado, 25 de março de 2017

Itaquitinga: Prefeito Geovani tem contas julgadas irregulares pelo TCE

Geovani de Oliveira Melo Filho teria cometido, segundo o TCE, diversos atos ilícitos como despesas sem comprovação fiscal

O atual prefeito de Itaquitinga, Geovani de Oliveira Melo Filho, conhecido como "Dr. Geovani", entrou para a lista do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), dos gestores que tiveram as suas contas de gestão julgadas como irregulares. No caso de Geovani, ele terá que pagar o valor de R$ 19.800,00 e multa de R$ 3.283,42, pela atuação à frente da Prefeitura no ano de 2012. 

Segundo o Tribunal, o gestor cometeu uma série de atos ilícitos como contratação irregular de artistas e bandas para shows realizados no município, bem como diversas despesas sem comprovação fiscal. Geovani também não recolheu as “obrigações previdenciárias” ao regime próprio no valor de R$ 1.880.000,00. 

A punição se estendeu a três membros da então Comissão de Licitação. Eles terão que pagar uma multa individual no valor de R$ 1.641,71. O relator do processo foi o conselheiro substituto Ricardo Rios.

Fonte: LeiaJá
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-