quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Mudanças: Fábrica da Jeep em Goiana pode diminuir produção do Renegade e fazer demissão em massa

Especula-se que as mudanças sejam para estimular a produção e vendas do Compass, que é exportado para toda América Latina. Matéria do Diario de Pernambuco.

Modificações no esquema da linha de montagem da fábrica da Jeep em Goiana (PE) estão sendo especuladas. Isso porque de acordo com uma fonte anônima, a fábrica da montadora, que pertence ao grupo FCA, reduzirá significativamente a fabricação dos Renegades. Além disso, mais de 1.000 funcionários poderão ser demitidos. Mudanças devem ocorrer nos próximos dias.

Procurada, a assessoria da montadora não se pronunciou ainda sobre as informações. Estima-se que a mudança seja para priorizar a produção do Compass, lançado em setembro do ano passado. O utilitário produzido na fábrica de Goiana será exportado para todos os países da América Latina onde a Jeep comercializa os seus veículos, além de já ser vendido em todo Brasil. Outra possibilidade que justifica as mudanças é que a Jeep está com o intuito de forçar a aceitação do Compass no mercado, já que o Renegade já alcançou um número surpreendente de vendas desde o seu lançamento em 2015.

Com a demissão em massa e a redução da produção do Renegade, a Jeep pode entrar para o ranking das montadoras que fizeram grandes mudanças nos seus planos de trabalho nos últimos anos. Estão na escala a Mercedes-Benz, Volkswagen, Mitsubishi e Fiat.

Matéria: Diario de Pernambuco

9 Comentários:

mikeias menezes disse...

Como vai demitir, se para fabricar o compass precisa do mesmo número de pessoas que se utiliza para fabricar o renegade? essa é uma perua de péssimo gosto.

Pedro Amaral disse...

Caríssimo canalha ignorante e terrorista !!! Não fala besteira se não conhece um processo industrial e como o mesmo funciona. Não existe uma equipe exclusiva para produção do Compass, Toro e nem do Renegade. Faça uma visita na fábrica que é gratuito e venha entender antes de receber alguma informação equivocada e deixar vários pais e mães de família preocupados com o futuro. Idiota !!!

Junior Sandro disse...

Olá Anderson Pereira. Tudo bem cara! Rapaz só o que tenho a lê dizer é que por mim essa empresa era para ser extinta de Pernambuco, e fosse se estala em outro pais. Sabe por que lá dentro dá planta como funcionário á empresa trata seus colaboradores quinem escravos e os líderes chicotiando seus escravos. Ameaçando pai de família... Essa empresa é muito escrota isso tem que ser apurado Anderson! Só quem sabe é quem trabalha lá. Não tem diálogo algum com supervisão por mim nenhum veículo dá quele sairia dali. Trabalho escravisado... Muito furioso com aquela empresa

Paulo S disse...

Se a jeep isso fizer será apenas para forçar a população os seus funcionários e as autoridades se sensibilizarem e aceitarem a situação vergonhosa que eles impõem aos trabalhadores em relação a salarios e beneficios e conseguir mais estimulaçoes fiscais do governo, ate pq a categoria do renegade, touro e compass são diferentes. Balela total. Se até pouco tempo atrás se falava em contratar mais 500 trabalhadores em fervereiro e o compass o renegade e o touro estão entre os mais vendidos em suas respectivas ccategoria ou será que o fato dos funcionarios começarem a exigir pl e outros benefícios básicos está fazendo com que a montadora utilize o medo como represália?

Unknown disse...

Neh tbm acho,,,si pra fabricar uh Jeep,,,,Ah touro já eh um sufoco,,,,ai vai reduzir pra fabricar mais Compass,,,,sem noção,,,,e outra como vai reduzir ah fabricação do Renegade se uh mesmo Ta estourado no mercado Internacional!!!

cassio29 disse...

esse andeson foi comprado pra passar uma informação de bosta dessa pra beneficiar essa montadora de merda

Anderson Pereira disse...

Olá, bom dia. Em primeiro lugar, é importante ressaltar que esta matéria é do Diario de Pernambuco. O Blog do Anderson Pereira apenas repostou essa publicação. E em segundo, ao mencionar: 'Anderson foi comprado para passar uma informação de bosta', você está cometendo o crime de injúria, além de ser mal-educado, por isto tenha modos. E terceiro, se o jornal mais antigo em circulação na América Latina errou em publicar tal matéria, peço que acesse a página do grupo e faça sua crítica da forma que a legislação permitir, pois nem a Assessoria da Jeep se manifestou sobre a informação veiculada. Abraços e sucesso!

Zalan Barbosa disse...

Matéria desprovida de raciocínio lógico. O Renegade é vice-líder do segmento. O Compass já é um sucesso absoluto, assim como a Toro. Todas as três estão arrebentando de vender, em um setor em crise, e a fábrica ainda não atingiu o seu limite operacional. Como e por que demissão em massa em uma situação dessas?

Yuri Dj Mix disse...

#PedroAmaral# Eu trabalhei na fabrica deixa de ser babão idiota tu pode sair a qualquer momente soi pião gigolor irmoleo comi fuba com cambimba chupa charque

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-