segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Economia Criativa da Mata Norte : Sebrae lança catálogo iconográfico de Goiana

A ação integra o projeto de Economia Criativa da Mata Norte e foi desenvolvida em parceria com a prefeitura municipal

A unidade Mata Norte do Sebrae em Pernambuco lança, na manhã dessa terça-feira (25), o catálogo iconográfico da cidade de Goiana. O evento acontece às 10h, no auditório do Cine Polytheama, no Centro da cidade. A ação integra o projeto de Economia Criativa da Mata Norte e foi desenvolvida em parceria com a prefeitura municipal. O objetivo do catálogo é estabelecer uma identidade visual que possa preservar a memória cultural de Goiana, a ser compartilhada pelo poder público, as cadeias de artesanato, turismo, comércio e serviços.

O catálogo foi pensado pelo Sebrae levando em conta a variedade arquitetônica de Goiana, que compreende em seu território engenhos de cana-de-açúcar e igrejas centenárias. Sua gastronomia e a própria produção artesanal, uma peculiaridade da região, também estão presentes dentro do projeto. “Nossa intenção é valorizar as referências da cidade, contribuindo para o fortalecimento e valorizando o que temos de melhor em Goiana, que é a história, a tradição e a cultura”, ressalta Denise Marques, analista da unidade do Sebrae na Mata Norte.

Para o lançamento, o Sebrae preparou mil exemplares do catálogo iconográfico, que devem ser distribuídos com o público presente na solenidade e depois ficará disponível para a população e o setor produtivo. “O catálogo também tem um manual para utilização dessa iconografia, para ter um modelo de identidade visual, para que não seja utilizado de maneira aleatória. A cidade tem uma pujança cultural que precisa ser vitalizada, até mesmo para que não se perca com o passar das gerações. Esse é um esforço que o Sebrae se determina a participar”, declara a analisa.

Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-