terça-feira, 27 de setembro de 2016

Árvores do Brasil: Campanha da Klabin para celebrar o Dia da Árvore traz conteúdo sobre espécies brasileiras

Com um hotsite e um álbum de figurinhas, companhia apresenta 25 árvores características do País e mostra as melhores espécies para se plantar em casa de acordo com cada perfil

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil e líder nos segmentos de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, realiza uma ação especial para celebrar o Dia da Árvore, comemorado em 21 de setembro. Um álbum de figurinhas com imagens, informações e curiosidades sobre 25 espécies brasileiras, das quais 16 representam as principais árvores presentes nos municípios em que a companhia mantém unidades industriais, está sendo distribuído aos seus mais de 16 mil colaboradores. Para completar a campanha, a Klabin coloca no ar um hotsite (klabin.com.br/arvoresdobrasil) que, além de conter todo o conteúdo do álbum, traz um quiz com perguntas e dicas para se conhecer algumas espécies e descobrir qual é a mais adequada para se plantar e cultivar em casa.

São as mais variadas espécies de árvores representadas em estados ou cidades pelo País afora, de Norte a Sul, frutíferas ou não, com seus nomes científicos e populares. Em Lages (SC), por exemplo, é encontrada a ‘canela-imbuia’, que tem como semente uma amêndoa e é uma das mais longevas da floresta, podendo ultrapassar os 500 anos de idade. Já as famosas ‘araucárias’ do Paraná, presentes nas cidades de Telêmaco Borba e Ortigueira, chegam a alcançar 50 metros e produzem a semente do pinhão, rico em reservas energéticas e aminoácidos, muito consumido em pratos típicos do Estado. O ‘ipê-amarelo’ enfeita as ruas de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, e tem ainda o ‘jacarandá-paulista’, presente em Jundiaí, e o ‘barbatimão’, em Angatuba, ambas cidades do interior Paulista, entre tantas outras belas espécies.

Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a Klabin realiza um intenso trabalho para preservar a biodiversidade de suas florestas, que abrange a identificação de espécies de fauna e flora. Um exemplo disso são as Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), que a empresa possui no Paraná e Santa Catarina, destinadas exclusivamente ao apoio a estudos científicos, proteção ambiental e dos recursos hídricos, e que tem grande relevância para a manutenção da biodiversidade da Mata Atlântica. A companhia também é referência mundial no manejo florestal em forma de mosaico, sistema que mescla matas nativas preservadas com florestas plantadas. A Klabin preserva 210 mil hectares de florestas nativas, que representam mais de 40% de sua área florestal total, além de contar com 235 mil hectares de florestas plantadas com pínus e eucaliptos.

Sobre a Klabin

Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 16 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em quatro unidades de negócios: Florestal, Celulose (fibra curta, fibra longa e fluff), Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Embalagens (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-