quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Acessibilidade: FPS lança cartilha pelo Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

Em comemoração ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência (21/09), a Faculdade Pernambucana de Saúde, através do NAI - Núcleo de Acessibilidade e Inclusão realiza nesta semana a ação “Sentindo na Pele” que simula algumas das dificuldades que as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida encontram diante de barreiras arquitetônicas e atitudinais. A ideia é que estudantes e colaboradores aumentem a percepção e consciência de entraves que pessoas com alguma limitação sentem, seja na parte de comunicação ou locomoção física.

Para marcar a data, a instituição também disponibilizou uma cartilha que pode ser baixada no site da FPS (www.fps.edu.br/acao-sentindo-na-pele/09/2016), como forma de disseminar cada vez mais o conhecimento e diminuir as diferenças.

Na Faculdade Pernambucana de Saúde, existem 12 profissionais com algum tipo de deficiência no corpo administrativo. A coordenadora de Recursos Humanos da FPS, Mônica Andrada, explica que a maioria são deficientes auditivos, e a instituição contratou um intérprete de LIBRAS para facilitar a comunicação. Toda a estrutura física é acessível, com rampas, piso tátil e comunicação em braile.

A FPS também promove semestralmente cursos gratuitos de Libras – Língua Brasileira de Sinais tanto para público interno quanto externo além de ofertar o módulo optativo para os estudantes. Essa importância de ampliar a comunicação, além do dia a dia, é fundamental para profissionais na área de saúde. O conhecimento de Libras viabiliza um atendimento inclusivo, pela comunicação correta com o paciente, que passa a ser melhor entendido e diagnosticado. Daí a visão mais ampla da FPS em oferecer esse curso a alunos, tutores e colaboradores.

Sala de Recursos Multifuncionais

No fim de agosto, a FPS inaugurou um novo espaço dentro do Campus, a Sala Multifuncional. O espaço dispõe de quatro equipamentos de tecnologia assistiva, que facilitam a habilidade da pessoa com deficiência visual para o acesso aos estudos. São eles: Ampliador de caracteres, linha braille, teclado ampliado com fios e digitalizador e leitor automático (scanner de voz). A Sala Multifuncional fica na Biblioteca da FPS disponível para estudantes e colaboradores.

Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-