sexta-feira, 1 de abril de 2016

Goiana: Funcionários da fábrica de cimento Itapessoca deflagram greve

Categoria protesta contra os atrasos de salário e PLR

Funcionários da fábrica de cimento Itapessoca Agro Industrial S/A, do grupo Nassau, deflagraram greve nesta quinta-feira (31), no município de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Os trabalhadores decidiram iniciar uma greve por tempo indeterminado contra os atrasos de salário e do Programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Segundo informações dos trabalhadores, a decisão de entrar em greve foi tomada após várias reuniões com a empresa e nenhuma solução. A Nassau estaria devendo pelo menos quatro quinzenas e o pagamento em dinheiro da PLR do ano passado, que estaria sendo paga em sacos de cimento.

"Muitos pais e mães de família estão com suas contas vencidas e já começa a faltar comida em casa. Eles ainda querem ameaçar nos demitir caso não voltemos ao trabalho. A empresa ganhou muito dinheiro nos últimos anos e agora vem dar calote nos seus trabalhadores. Isso nós não podemos aceitar", relatou um funcionário da Nassau pelo whatsApp do Blog do Anderson Pereira.

Apoiado pelo sindicato da categoria, a maioria dos funcionários determinou pela continuidade da greve. O presidente do sindicato afirmou que uma representante da fábrica relatou que só poderia discutir o caso na próxima quarta-feira (06), e ainda teria ameaçado demitir todos os funcionários que não retornassem ao trabalho. O sindicato esclareceu que as demissões que ocorrerem durante o atraso de salário serão apreciadas positivamente pela Justiça do Trabalho a favor dos trabalhadores.

11 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-