domingo, 6 de março de 2016

Inquérito: Polícia Civil de Goiana conclui que morte de funcionário na Park da Jeep foi acidental

Jonatas Ravelly Gonçalves Pereira, que morreu em janeiro deste ano, na empresa Denso sistemas térmicos

A Polícia Civil de Goiana, na mata Norte do estado, concluiu o inquérito sobre o caso Jonatas Ravelly Gonçalves Pereira, que morreu em janeiro deste ano, na empresa Denso sistemas térmicos, no Park da Jeep. De acordo com o delegado Thiago Uchoa, as investigações apontaram para morte acidental seguindo parecer técnico do instituto de criminalística.


O IC realizou testes na máquina onde ocorreu o fato e ela não apresentou defeito de funcionamento que pudesse resultar na morte do funcionário. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público que pode pedir arquivamento ou novas diligências.

RádioJornal

4 Comentários:

Jorginho Silva disse...

só obs

Anônimo disse...

Não vamos aceitar de forma nenhuma esse parecer, Drº é preciso analisar, sensor na máquina que não existia, entre outras coisas pertinentes a segurança, não está em pauta a máquina e sim o que levou ocorrer o acidente, sou da família trabalho a 25 anos em linha de produção e todos indícios levam a crer que alguém acionou a máquina, vamos lutar com todas as nossas forças para que outras famílias não sintam essa dor.

Anônimo disse...

Fico aqui pensando... caso este funcionário fosse filho de algum magistrado??????A conclusão poderia ter sido outra???

Anônimo disse...

Esse rapaz foi estagiario da policia civil, trabalhou na secretaria de saúde, infelizmente terminou sua carreira nessa empresa corrupta... vamos lutar, já temos bastante depoimentos de pessoas e vamos provar para as autoridades que a maquina foi ligada com ele dentro e que ele saiu sem vida da empresa...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-