sábado, 20 de fevereiro de 2016

Polícia: Pedreiro é preso acusado de tentar matar cunhado em Atapuz

Policiais Militares da 3ª Companhia Independente de Goiana (GT de Tejucupapo, composta pelo Sd. Lucílio, Sd. Leandro Sousa e Sd. Renato Martins) prenderam, na noite desta quinta-feira (18), um homem acusado de tentativa de homicídio, no município de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Segundo a polícia, o pedreiro Luan Roberto Araújo da Silva, de 28 anos, efetuou dois disparos de arma de fogo nas costas do seu cunhado, o Michel Carlos Sotero, e fugiu em seguida. O fato ocorreu no Sítio Gambá, próximo da antiga entrada de Atapuz, na zona rural de Goiana. Após buscas na área, o autor do crime foi localizado e preso em flagrante. A arma utilizada não foi encontrada.

A vítima relatou a polícia que houve uma agressão física entre sua esposa Roberta e sua cunhada Fernanda, e que tentou apartar a briga, mas acabou machucando Fernanda. Por conta disso, seu cunhado Luan teria ficado revoltado pelo fato de sua irmã ter sido machucada. Então, a vítima no intuito de esclarecer o fato, dirigiu-se para a casa de Luan, onde não querendo explicações, de cima de uma laje na sua residência, desferiu dois disparos de arma de fogo pelas costas de Michel, quando estava retirando-se do local.

A vítima foi socorrida para a unidade hospitalar de Tejucupapo, e de lá, foi transferida para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, onde permanecerá em observação.

O acusado foi recolhido para a Cadeia Pública de Goiana, onde permanecerá à disposição da justiça.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-