terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Pernambuco: Após Governo descumprir acordo, policiais civis deflagram greve

Medida deve fragilizar esquema de segurança durante o carnaval. Atividades serão paralisadas a partir de sábado

Os policiais civis de Pernambuco decretaram estado de greve, na noite desta terça-feira, em assembleia na sede do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), em Santo Amaro, no Recife. A categoria promete cruzar os braços a partir da 0h do Sábado de Zé Pereira. Somente flagrantes serão realizados e em esquema lento. Na quinta-feira, às 15h, agentes, escrivães e auxiliares legistas farão uma passeata de protesto da sede do Sinpol até o Palácio Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco.
De acordo com o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, o governo desrespeitou o acordo coletivo firmado em dezembro, não realizou as reuniões de negociação que foram progamadas e deixou de encaminhar o projeto de lei que prevê a revisão de Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da categoria para a Assembleia Legislativa de Pernambuco. "O documento deveria ter sido entregue no dia 1º de fevereiro, para garantir que, com os trâmites, vigorasse em abril. Mas eles assumiram um compromisso e não cumpriram e não vamos mais discutir. Agora é greve", declarou o presidente do sindicato.

O projeto de lei eleva o nível salarial da categoria, que abraça 5,3 mil profissionais. Apenas as delegacias de plantão vão funcionar, e com 30% do efetivo, conforme o previsto pela lei.

DiariodePernambuco

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-