segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Tragédia: Funcionário do Polo Automotivo da Jeep morre esmagado em Goiana

Um funcionário morreu após ter parte do crânio esmagado em uma prensa pneumática, na manhã desta segunda-feira (25), durante o expediente em uma fábrica em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. O acidente aconteceu na unidade da Denso Sistemas Térmicos.

A empresa informou que o funcionário chegou a receber socorro ainda no próprio local e, em seguida, foi encaminhado para o Hospital Miguel Arraes, no município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Segundo a assessoria do Hospital Miguel Arraes, Jonatas Ravelly Gonçalves Pereira já chegou sem vida à unidade hospitalar. A família já autorizou a liberação do corpo e espera somente o encaminhamento para o Instituto de Medicina Legal, no bairro de Santo Amaro.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Anderson Pereira, a vítima morreu no local e mesmo assim foi retirada da fábrica e encaminhada para uma unidade hospitalar. Os funcionários da Denso que presenciaram a tragédia relataram que todos foram proibidos de comentar sobre o caso, sob risco de demissão imediata.

A 44ª Delegacia de Polícia de Goiana investigará o caso.

Em nota, a Denso informou que a empresa presta toda a assistência à família do colaborador e está apurando as causas do acidente. Confira a nota:
"A Denso Sistemas Térmicos informa a ocorrência de acidente envolvendo o colaborador Jonatas Ravelly Gonçalves Pereira, na manhã da segunda-feira, 25 de janeiro, na unidade da empresa em Goiana, Pernambuco. O funcionário recebeu pronto atendimento médico no próprio local e foi encaminhado para o Hospital Miguel Arraes, no município de Paulista, referência na região. A empresa presta toda a assistência à família do colaborador e está apurando as causas do acidente. A Denso atende às normas nacionais e internacionais de saúde e segurança do trabalho".
Com informações da Folha de Pernambuco.

32 Comentários:

Unknown disse...

Descanse em paz

JONANTHAN HENNY disse...

Vai com Deus meu chara.

ricardo gomes disse...

Nunca ele falao a verdade pós o funcionário foi esmagado pela prensa pos ele já tinha falecido

Maria Silva disse...

ele nunca falao a verdade pós o funcionário foi esmagado pelar prensa pós o funcionário ja estava falecido

Andersom Gomes disse...

É verdade eles sempre falam q o dicionário morreu a caminho do hospital sendo q ja avia falecido no proprio local do acidente

Weverson Flávio disse...

Que Deus conforte a família desse rapaz

José disse...

Ele morreu em local de trabalho ,isso é uma vergonha para empresa tentar farça a morte do bom rapaz

José disse...

Vai com deus

José disse...

Ele morreu em local de trabalho ,isso é uma vergonha para empresa tentar farça a morte do bom rapaz

hemilayne disse...

Vai em paz jonatinhas :(

Fluxo Produções disse...

volta irmao, que dor :(

Fluxo Produções disse...

volta irmao, que dor :(

Gustavo Inacio disse...

Meus sentimentos, mesmo não conhecendo
Tristeza no meu coração.

fabio sousa disse...

Que Deus abençoe a família dele vai na paz irmão

fabio sousa disse...

Vai em paz irmão Deus está contigo

Clovis Santa Cruz disse...

no dia que morreu a tecnica de seguranca;falaram que morreu no caminho do hospital;agora mais uma vez falaram que o rapaz morreu no caminho do hospital;isso e uma vargonha niguem toma providencia de tudo isso;so olha dinheiro;dinheiro;dinheiro;ganicia por dinheiro;bando de abrutri esses caras da geep;vergonha total

Clovis Santa Cruz disse...

no dia que morreu a tecnica de seguranca;falaram que morreu no caminho do hospital;agora mais uma vez falaram que o rapaz morreu no caminho do hospital;isso e uma vargonha niguem toma providencia de tudo isso;so olha dinheiro;dinheiro;dinheiro;ganicia por dinheiro;bando de abrutri esses caras da geep;vergonha total

Unknown disse...

Deus é o conforto e o consolo nas horas certa da nossa vida. Tragédias sempre acontecem, aqui, ali, acolá. É necessário que estejamos preparados e na verdade nunca estamos. Deus abençoe e console a todos em nome de Jesus. Meus sentimentos.

Emilio disse...

Qual será o motivo da empresa ter proibido seus funcionários de comentarem o acidente,sob pena de demissão?

Unknown disse...

Justiça eu quero justiça meu amigo morreu a vocês da jeep fica falando que ele morreu a caminho do hospital bando de mentiroso

Unknown disse...

Justiça eu quero justiça meu amigo morreu a vocês da jeep fica falando que ele morreu a caminho do hospital bando de mentiroso

Micaela Nialy disse...

Justiça eu quero justiça meu amigo morreu a vocês da jeep fica falando que ele morreu a caminho do hospital bando de mentiroso

Alvaro Jordao disse...

Que Deus conforte o coração de toda família mas tem sempre um discaso nesses casos quando acontece um acidente desses eles sempre diz que morreu no hospital mas quando morreu um piloto de testes na pista próximo ao bu trataran o coitado como cachorro cobriran o carro que estava sendo testado e o cadaver deixaram la e abafaram a história tem a da técnica de segurança que caiu de 11 metros de altura falaram que ela saiu falando do locau sendo tudo mentira e agora esse rapaz essa geep e uma piada mesmo ne e ainda proibe e ameaça os funcionários de demissão se falaren algo isso so existe aqui no Brasil esse povo tem que acordar pra realidade.

Unknown disse...

Vai com Deus jhonata

Unknown disse...

Vai com Deus jhonata

Unknown disse...

Toda máquina pneumática tem uma trava de segurança que não deixa ser acionada quando em manutenção. Quem acionou sem fazer o check-in vacilou.

akire loureiro disse...

Não devemos procurar culpados ou ficar jugando o que foi feito na hora do acidente, são situações que ninguém quer que aconteça, tenho a certeza que foi feito o possível no momento do acidente .... condições insegurança que promoveram o acidente, deve ser levantada para analisar as verdadeiras causas (falha humana, operacional, ou mecânica. Deixos meus sentimentos pra família do Jovem...

exjeep disse...

Estou muito triste para o que aconteceu e meus sentimentos são pela família do rapaz, mas tenho que relatar os fatos obscenos que eu vi. Eu trabalhei la e arrisquei varias vezes a minha vida subindo e descendo de plataformas sem ter patente, capacete, desligando subestações sem ter feitos cursos, sem segurança nenhuma tudo porque os gerentes e os diretores queriam ter pronto o serviço em tal data. Uma vez, em uma reunião, ate disseram que se o ônibus da empresa tivesse sido parado na rua pelos protestantes de uma greve, os funcionários deveriam descer e mesmo assim deviam chegar a fabrica, mesmo levando pancadas dos protestantes! Este è o respeito que o RH da Jeep tem pelos colaboradores, nao é Sr.MQ e EP!?!! A empresa è a pior de se trabalhar no Brasil, desorganizada, exploradora, com gerente incompetentes que somente pensam em tirar o dele da reta, que te mandam fazer o trabalho deles ficando escondidos da diretoria e cobram somente. Trabalhei 40 horas sem parar, trabalhei de domingo, trabalhei dois meses sem ter descaço, fez vários trabalhos fora das minhas funções e quando a fabrica foi pronta: ADEUS! Foi um prazer! Agora não devemos nos sorprender se acontenceu essa tragedia, estava no ar. E vai aparecer ainda mais casos. Tenho certeza. Fico perto da família do rapaz e solicito a quem viu e trabalhou la de se juntar, vamos fazer uma action class! Pode ser que quem esta trabalhando ainda na fabrica, por causa da lavagem cerebral do RH da Jeep esteja com medo, mas nos que já saímos temos força para impor rispetto a vida humana e as pessoas. A Jeep tem que mudar!

exjeep disse...

stou muito triste para o que aconteceu e meus sentimentos são pela família do rapaz, mas tenho que relatar os fatos obscenos que eu vi. Eu trabalhei la e arrisquei varias vezes a minha vida subindo e descendo de plataformas sem ter patente, capacete, desligando subestações sem ter feitos cursos, sem segurança nenhuma tudo porque os gerentes e os diretores queriam ter pronto o serviço em tal data. Uma vez, em uma reunião, ate disseram que se o ônibus da empresa tivesse sido parado na rua pelos protestantes de uma greve, os funcionários deveriam descer e mesmo assim deviam chegar a fabrica, mesmo levando pancadas dos protestantes! Este è o respeito que o RH da Jeep tem pelos colaboradores, nao é Sr.MQ e EP!?!! A empresa è a pior de se trabalhar no Brasil, desorganizada, exploradora, com gerente incompetentes que somente pensam em tirar o dele da reta, que te mandam fazer o trabalho deles ficando escondidos da diretoria e cobram somente. Trabalhei 40 horas sem parar, trabalhei de domingo, trabalhei dois meses sem ter descaço, fez vários trabalhos fora das minhas funções e quando a fabrica foi pronta: ADEUS! Foi um prazer! Agora não devemos nos sorprender se acontenceu essa tragedia, estava no ar. E vai aparecer ainda mais casos. Tenho certeza. Fico perto da família do rapaz e solicito a quem viu e trabalhou la de se juntar, vamos fazer uma action class! Pode ser que quem esta trabalhando ainda na fabrica, por causa da lavagem cerebral do RH da Jeep esteja com medo, mas nos que já saímos temos força para impor rispetto a vida humana e as pessoas. A Jeep tem que mudar!

Roberto Pereira disse...

Caros, lamentável que um jovem tenha perdido a vida trabalhando quando o ideal seria transformar o trabalho em uma fonte de renovação e espírito social, infelizmente acidentes acontece em todos os lugares, o que não aceitamos é a forma como a JEEP, trata os casos, faltou a empresa ter um respeito com o próprio funcionário falecido, se o corpo ficasse na empresa, haveria pericia do óbito no próprio local do acidente para fugir das suas responsabilidades em relação a segurança no trabalho enviaram o corpo sem vida ao Hospital Miguel Arraes, o que já se configura um crime. Pois se o trabalhador já tinha ido a óbito o certo era esperar a Policia e o IML, para fazer os procedimentos legais, essa conduta da Diretoria da JEEP deve ser repudiada...Fica aqui meus pêsames pela perda de um jovem e a dor de seus familiares..

Roberto Pereira disse...

Caros, lamentável que um jovem tenha perdido a vida trabalhando quando o ideal seria transformar o trabalho em uma fonte de renovação e espírito social, infelizmente acidentes acontece em todos os lugares, o que não aceitamos é a forma como a JEEP, trata os casos, faltou a empresa ter um respeito com o próprio funcionário falecido, se o corpo ficasse na empresa, haveria pericia do óbito no próprio local do acidente para fugir das suas responsabilidades em relação a segurança no trabalho enviaram o corpo sem vida ao Hospital Miguel Arraes, o que já se configura um crime. Pois se o trabalhador já tinha ido a óbito o certo era esperar a Policia e o IML, para fazer os procedimentos legais, essa conduta da Diretoria da JEEP deve ser repudiada...Fica aqui meus pêsames pela perda de um jovem e a dor de seus familiares..

rodrigo da silva disse...

Que triste ..

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-