sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Goiana: Secretária de Turismo e Fred Gadelha discutem constantemente e rompimento pode acontecer ainda neste ano

Michele Barreto assumiu, no mês de março, a Secretaria de Turismo e Cultura cercada de expectivas por parte da classe artística goianense, que espera dela o cumprimento das promessas assumidas, entre as quais está a concretização do chamado CPF da cultura, que são o Conselho, o Plano e o Fundo. Este último, inclusive, deverá garantir 2% da receita do município para o setor, o que representaria um grande avanço para a classe artística local.

Passados quase nove meses desde a sua chegada na Secretaria, Michele ainda está longe de conseguir transformar por completo a política cultural do município. A criação do Conselho de Cultura precisa ser votado na Câmara de Vereadores até o final desse ano e corre sério risco de não sair do papel. Além disso, as constantes demandas por festas vão de encontro a política cultural que a secretária defende. Atualmente quase 90% dos recursos da secretaria estão voltados para realização de eventos, o que teria gerado discussões entre a secretária e o prefeito Fred Gadelha.

Informações de bastidores dão conta de que Michele estaria insatisfeita e teria apresentado ao prefeito uma série de exigências para permanecer no cargo. Caso as tais exigências não sejam atendidas, Michele poderia, então, sair do governo ainda neste ano.

O Blog do Felipe Andrade entrou em contato com um funcionário da secretaria muito próximo a Michele. Ele rechaçou a possibilidade dela entregar o cargo e negou que haja insatisfação. Porém, ele chegou a confirmar que a secretária participa, sim, de discussões com o prefeito no intuito de implantar uma nova política cultural no município e que algumas pessoas podem interpretar essas discussões equivocadamente.

Cultura irá se mobilizar - O tecido cultural goianense promete realizar uma mobilização para que a Câmara Municipal coloque em votação e aprove o projeto de lei que cria o Conselho de Cultura. A mobilização se deve ao receio de parte dos artistas em relação ao posicionamento da bancada oposicionista e ao curto prazo que o projeto tem para ser votado ainda neste ano.

Pedido de intervenção "foi muito bem recebido" - Um vereador oposicionista afirmou que o pedido de intervenção estadual em Goiana, aprovado na Câmara Municipal, foi "muito bem recebido" no Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE).

Oposição sombra e água fresca - A oposição de Goiana tem sido criticada por movimentos sociais que esperam mais atitudes e menos blá-blá-blá. Para frustração de muitos insatisfeitos com o governo atual, os opositores não demonstram grande entusiasmo com uma possível intervenção estadual no município - pois, preferem disputar a eleição com um prefeito desgastado -, não participam ativamente de protestos e se isolam em discussões virtuais. Estaria a oposição mais interessada em sombra e água fresca do que em cumprir o seu papel?

Fonte: BlogdoFelipeAndrade

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-