quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Em operação conjunta: Polícia reprime tráfico de drogas no Litoral Sul da Paraíba

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar da 6ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), realizada na manhã desta terça-feira (1) no Litoral Sul da Paraíba, resultou na prisão de 10 pessoas suspeitas de associação para o tráfico de drogas na região. A ação denominada ‘Avalanche 2’ teve dois cumprimentos de mandados de prisão preventiva e uma prisão em flagrante em Pitimbu e ainda o cumprimento de sete mandados dentro do sistema prisional, em João Pessoa.

De acordo com o delegado seccional Aneilton Castro, na área da praia de Acaú, em Pitimbu, foram cumpridos mandados de prisão preventiva em desfavor de Josley da Silva Santos, de 22 anos; Tatiane Feitosa Marques de Oliveira, 26 anos; e ainda feito flagrante contra Gerlane Maria Silva Santos, 22, por porte ilegal de arma de fogo.

Em presídios da Capital, foram cumpridos mandados de prisão preventiva em desfavor de Samuel Mariano da Silva, no PB 1; Marcos Honório Júnior, o Pará, no Sílvio Porto; Josenildo da Silva Sales, Waldir Ferreira de Santana e Lucas dos Santos Silva, no Presídio do Róger.

“Todos têm envolvimento com o grupo que tem à frente Samuel, que foi preso no início de janeiro deste ano pelo Grupo Tático Especial (GTE) da 6ª Delegacia Seccional, com apoio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). Nosso foco é o enfrentamento ao tráfico de drogas que acontece em assentamentos em Alhandra, Pitimbu e outras cidades”, explicou Aneilton Castro, acrescentando que Samuel é responsável por homicídios, assaltos e tráfico de drogas no Litoral Sul paraibano, além de comandar uma organização criminosa com mais de 40 componentes no assentamento Nova Vida, em Pitimbu.

De acordo com o comandante da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar, capitão Kelton Pontes, a operação realizada nesta terça-feira (1) foi muito importante para desarticular o grupo comandado por Samuel. “Hoje prendemos mais três pessoas que executavam as ordens que Samuel dava de dentro do presídio e isto foi essencial no trabalho de combate a esta associação criminosa. Uma resposta para devolver a tranquilidade aos moradores da localidade onde o grupo atuava. Agora vamos continuar as ações para prender outros criminosos que já foram identificados pela polícia”, concluiu capitão Kelton.

Avalanche 1 – No dia 27 de novembro, as Forças de Segurança realizaram a ‘Operação Avalanche’, que teve como foco a ocupação da comunidade Conjunto Mangabeira, no município de Caaporã. Um dos presos na operação José Augusto de Oliveira Beltrão, de 20 anos, era integrante de uma associação criminosa responsável pela prática de vários homicídios na região. Ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e tráfico de drogas, juntamente com João Henrique de Oliveira da Silva, 21 anos, preso por crimes de receptação e porte ilegal de arma de fogo.
Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-