sábado, 21 de novembro de 2015

Após polêmica: Diretoria da Jeep e Prefeitura de Goiana finalmente se reúnem para discutir IPTU

Na próxima segunda-feira (23), o prefeito de Goiana Fred Gadelha e a diretoria da Jeep vão se sentar para tentar chegar a um acordo sobre a isenção do IPTU para a montadora. Pelo fervor da discussão, a companhia terá que ceder e combinar como vai pagar o imposto. A dívida é de R$ 20 milhões, referente a 28 meses de IPTU. É isso ou perder os R$ 433,2 milhões do FNDE, que precisam ser repassados até o fim do ano. Caso contrário, o recurso será devolvido aos cofres do governo federal.

O superintendente da Sudene, João Paulo, diz que decidiu interferir na discussão temendo a dimensão do prejuízo para a economia de Pernambuco. Ele conta que nunca viu valor semelhante ser devolvido, sobretudo em ano de crise. Na segunda, ele também conversa com a diretoria da Jeep.

Cada parte nessa história tem seus argumentos. A prefeitura alega que a gestão anterior assinou o protocolo em outro cenário das finanças municipais e que não encaminhou o Projeto de Lei à Câmara. A Jeep e o governo do Estado defendem que os compromissos sejam honrados. Agora, uma coisa é certa: faltou à FCA monitorar o cumprimento dos acordos. Infelizmente, a segurança jurídica é frágil no País.


NE10

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-