quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Paralisação: Após rejeitar proposta de apenas 8,75%, bancários decidem manter greve

Após assembleia realizada em São Paulo na tarde desta quarta-feira (21), os bancários de Pernambuco rejeitaram mais uma vez a proposta de 8,75% ofertada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A categoria propõe um aumento no piso salarial de 16% - valor acima do cálculo da inflação de 10%. Os servidores entram no 16º dia de paralisação, que não tem prazo certo para acabar.

Na tarde desta quinta-feira (22), outra rodada de negócios deve ser realizada através do comando nacional para decidir os rumos da paralisação; enquanto que na próxima sexta (23), a categoria no Estado deve voltar a se reunir na sede do sindicato, situada na Avenida Conde da Boa Vista, Centro do Recife, para realizar outra assembleia com servidores estaduais.

De acordo com a presidente do sindicato, Suzineide Rodrigues, o comando nacional faz esforço para negociar com os banqueiros e alcançar o piso acima da inflação. "Nosso objetivo é negociar para que possamos ter uma boa proposta e sair da greve com ganho real", acredita.

Suzineide afirma ainda que as agências públicas fecharam 100%; enquanto que as unidades privadas, mais de 80% estão sem funcionar.

NE10

3 Comentários:

jose robson disse...

Pocha nada de dinheiro ainda eles trabalhar menos e ganha mais ainda fais greve vai trabalhar na fiat para faz greve kkk ou na caixa não e andeson

jose robson disse...

Pocha nada de dinheiro ainda eles trabalhar menos e ganha mais ainda fais greve vai trabalhar na fiat para faz greve kkk ou na caixa não e andeson

jose robson disse...

Pocha nada de dinheiro ainda eles trabalhar menos e ganha mais ainda fais greve vai trabalhar na fiat para faz greve kkk ou na caixa não e andeson

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-