terça-feira, 22 de setembro de 2015

Descaso: Perambulando pelas vias públicas, animais já fazem parte da paisagem em Goiana


Constantemente a população de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, tem denunciado as inúmeras quantidades de animais soltos, em praças e vias públicas, e que infelizmente, já fazem parte da paisagem da cidade. Mesmo com uma arrecadação ímpar, estimada em mais de 15 milhões de reais/mês, a Prefeitura de Goiana não vem conseguindo cumprir com o serviço básico de apreensão de animais em estado de soltura ou abandono nas vias públicas, o que torna a cidade um verdadeiro zoológico. 

Os animais provocam acidentes, sujeira e riscos à saúde da população, mas a ação de apreensão de animais por parte da administração municipal parece ser ineficiente ou até mesmo inexistente.

Os motoristas, principalmente os motociclistas, se dizem revoltados com o risco que os animais trazem a sua vida. "Fico imaginando quem terá que morrer para a prefeitura resolver esse problema. As vezes parece que estamos vivendo na zona rural ou num zoológico. Cada animal desse representa um perigo para o cidadão. Este problema já tem sido denunciado há anos e nada tem sido feito", declarou um mototaxista André Francisco da Silva.

“Os animais já fazem parte da paisagem da cidade. Todo dia nos deparamos com eles, que agora, estão fazendo o serviço de aparagem da grama para a prefeitura", declarou outro motorista.

Os animais também comprometem a saúde pública, já que os bichos podem ser transmissores de doenças e carrapatos; e causam desconforto e intranquilidade nas comunidades.

Enquanto nada é feito, os animais (cavalos, porcos, bois, cachorros, burros, dentre outros) vão continuar perambulando pelas ruas; destruindo e sujando as vias públicas, praças e jardins, além de possíveis acidentes de trânsito.

Outras denúncias e flagrantes poderão ser realizadas pelo Blog do Anderson Pereira através do whatsApp (81.9.9292-6725).

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-