domingo, 6 de setembro de 2015

Acusado nas redes sociais de estar doente: Fred Gadelha entrega lista de reivindicações para presidente Dilma, na Paraíba

Nesta sexta-feira (4), o prefeito Fred Gadelha (PTB) foi para Campina Grande, na Paraíba, entregar para a presidente Dilma Rousseff (PT) uma lista com algumas reivindicações para o município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Na ocasião, a presidente Dilma Rousseff participava de um grande evento que marcou a entrega de 1.948 unidades do programa Minha Casa Minha Vida. Acusado de que estaria adoentado e, por isso, não teria marcado presença no desfile cívico alusivo às comemorações pela Independência do Brasil nos distritos de Goiana, o prefeito apareceu bastante saudável e sem esboçar nenhum tipo de doença ou virose.

Entre as reivindicações pleiteadas pelo prefeito Fred estão a inclusão de Goiana na terceira fase do programa 'Minha Casa, Minha Vida' - que até o momento ainda não saiu do papel - , o recapeamento asfáltico de ruas em todo o município, melhorias para a estrada BR-101 e um plano de mobilidade urbana para a cidade.

O prefeito, acompanhado da secretária de Políticas Sociais, Rita Medeiros, conversou com a presidente durante o evento. "Eu disse para ela que entendemos o momento de crise que o país está vivenciando. No entanto, ressaltei que Goiana passa por um momento muito importante da sua história. Ela compreendeu e disse ter um plano para o município e, também, se mostrou grata pela votação expressiva que recebeu dos goianenses no último pleito", relatou o prefeito Fred.

Com informações do BlogdoFelipeAndrade

1 Comentários:

Pietro Pedra disse...

Esperamos que as reinvidicações do Prefeito sejam acatadas pela presidente, pois é uma questão de gratidão pela expressiva votação que ela teve dos goianenses. Já pensaram nossa cidade asfaltada e saneada. Tomará que não seja uma utópia.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-