sábado, 25 de julho de 2015

Economia: Executivos da multinacional francesa Snef visitam Goiana

Executivos da multinacional francesa Snef, empresa que desenvolve estudos técnicos de serviços de engenharia para empreendimentos industriais, estiveram em Goiana, ontem, onde foram recebidos pelo prefeito Fred Gadêlha.

O grupo Snef atua fornecendo tecnologia consolidada em projetos, serviços de engenharia e equipamentos para hidrelétricas, usinas fotovoltaicas, usinas térmicas, subestações e sistemas de irrigação, atuando ainda na implantação de empreendimentos de telecomunicações e do setor terciário, como o segmento hoteleiro e de food. Estiveram representando a empresa europeia Jean-Pierre Dréau, presidente e CEO do grupo Snef; Olivier Jouven, diretor geral adjunto (que fez rápida explanação sobre a empresa); Jean-Louis Coupat, diretor de negócios industriais; e André Paulo Florindo, gerente regional Nordeste. Participaram também do encontro o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Marcus Vinícius, e o diretor de Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Serviços da AD Goiana, Hélder Gadelha.

De acordo com André Paulo Florindo, a Snef inclusive atuou na construção da fábrica da Jeep em Goiana chegando a ter 180 colaboradores no pico da obra. Atualmente, o quadro na cidade possui 30 funcionários fixos e a intenção da empresa, segundo Olivier Jouven, é de “prospectar negócios em Goiana e aqui se estabelecer por muito tempo, gerando negócios, emprego e renda na região”.

Parceria sem plano, de nada adianta - O intuito é de que se firme uma parceria entre o município e a francesa. Mas, antes de mais nada, a prefeitura deveria providenciar o bendito plano diretor da cidade, defasado desde 2004, para  colaborar com esse tal de desenvolvimento.

Com informações da ADGoiana e Jamille Coelho/FolhaPE

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-