sexta-feira, 1 de maio de 2015

Mobilidade: Corredor do BRT pode chegar até Goiana

Atualmente, empresas da região fretam veículos para transportar os funcionários

O novo polo industrial localizado no Litoral Norte de Pernambuco, que congrega fábricas como a Hemobrás, Jeep, Itaipava e do setor vidreiro, despertou preocupação no Governo e no empresariado com relação ao transporte dos milhares de trabalhadores que já começaram a realizar o deslocamento para a área. Uma das possibilidades para atender à demanda, que deverá ser superior a 10 mil pessoas por dia, é ampliar o Corredor Norte-Sul do Bus Rapid Transit (BRT) até o município de Goiana. Com isso, o ramal que ainda funciona incompleto só até o Terminal Pelópidas Silveira, em Paulista, quando estiver em plena operação, seguirá do Centro do Recife até Goiana. Pelo projeto atual, o ponto final do sistema está previsto para o Terminal Integrado da cidade de Igarassu.

A informação foi confirmada por empresários da região, que atualmente gastam com o fretamento de veículos para o transporte dos trabalhadores. Segundo o sócio proprietário da Intervidro, Edson do Ó Filho, a ampliação do corredor do modal de transporte público até Goiana foi levantada na última reunião da Associação das Empresas de Goiana (AEG), realizada no início de abril. “Hoje são as empresas que pagam os ônibus para o transporte dos funcionários“, disse.

Outra possibilidade para atender os passageiros é a criação de linhas de transporte municipais, fazendo integração com o TI de Igarassu. De lá, os trabalhadores poderiam utilizar o BRT para chegar até as outras cidades cortadas pelo corredor de transporte.

MUDANÇAS - O diretor de operações da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), Antônio Neves, esclareceu que, para dar conta da demanda até essa região da Zona da Mata, a partir do dia 1º de maio haverá mudanças no itinerário das linhas Goiana-Condado, que passará a atender o Polo Farmacoquímico, e Goiana-Itambé que passará a atender o Polo Automotivo. O gestor informou também que haverá a criação da linha Goiana-Itaquitinga e o incremento nos horários da linha Recife-Goiana.

Já a Secretaria das Cidades, pasta responsável pelas obras de construção dos ramais do BRT, informou desconhecer a ampliação do Norte-Sul.

FolhaPE

2 Comentários:

maria nogueira disse...

Isso mesmo nós goianese precisa do BRT

maria nogueira disse...

Queremos o BRT aqui na cidade de goiana.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-