quarta-feira, 13 de maio de 2015

Começou e não terminou: Obra da Praça Júlio Rabelo, no centro de Goiana, segue abandonada


Os moradores do Loteamento Agropastoril denunciaram ao Blog do Anderson Pereira mais uma obra paralisada da Prefeitura de Goiana, no centro da cidade. A obra interminável da vez é a Praça Júlio Rabelo que já deveria ter sido concluída, mas teve sua construção novamente parada e os tapumes retirados. Segundo os denunciantes, a obra está abandonada e servindo como boca de fumo, além de estar repleta de entulhos e pregos pela praça.

Indignado com a obra que nunca termina, o morador Ulisses Dias falou sobre o problema. "A obra foi completamente abandonada. O local agora está servindo para os traficantes que aproveitam a escuridão e a zorra deixada pra vender drogas. Queremos nossa praça, afinal já está paga. É incrível a habilidade que a Prefeitura tem de começar inúmeras obras e não terminar uma. Essa praça mesmo é uma delas. Devem terminar lá pro final do ano ou quiçá em 2016, pensando nas eleições, pra enganar o povo. Se a praça Duque de Caxias, que fica em frente da casa do prefeito não termina, quem dirá as demais", disse.

Ulisses ainda comentou sobre a atitude suspeita de alguns trabalhadores da obra que teriam, por volta das 23 horas, dias após a paralisação, retirado boa parte do material de construção com um caminhão da Prefeitura.

A obra orçada em R$ 270 mil está sendo realizada pela Prefeitura de Goiana com recursos oriundos da segunda remessa do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), através da Secretaria das Cidades (SECID) do Governo do Estado de Pernambuco. A Construtora F & Costa Ltda é a empresa responsável pela construção. Segundo o site do Governo do Estado (Clique aqui e veja mais detalhes), o prazo para a conclusão expirou no dia 30 de abril de 2015. Não há previsão para a retomada da obra.

Na última semana, uma mãe foi buscar seu filho em um colégio particular em frente à Praça e acabou furando o pé em uma tábua com pregos. "Hoje eu fui vítima dessa irresponsabilidade e falta de compromisso com a população, pois tiraram os tapumes e não finalizaram a obra, e quando fui buscar minha filha no colégio Duque de Caxias furei meu pé em um pedaço de madeira com prego. Ainda tive que tomar uma antitetânica pra não ficar doente. Culpa desses incompetentes, que antes de paralisarem um serviço sequer retiram os entulhos da obra", criticou.

A OBRA - A praça, quando estiver concluída, deverá contar com iluminação, área verde com plantio de árvores nativas, 125 metros de bancos em concreto, 5 conjuntos de mesas para jogos, rampas de acessibilidade e área de playground com balanço, trepa-trepa, escorregos e carrossel. O prazo original da obra era de apenas 120 dias, mas já vai ultrapassando os 6 meses.

Flagras e denúncias poderão ser enviadas para o WhatsApp do Blog através do número (81) 9292-6725.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-