quinta-feira, 23 de abril de 2015

Obras: Governo ampliará o Sistema de Abastecimento de Água de Aliança

Depois de abrir o Todos por Pernambuco de Timbaúba, na Mata Norte, o governador Paulo Câmara seguiu para o município de Aliança, onde autorizou o início da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água do município. Com investimento de R$ 3,3 milhões, o projeto contará com a implantação de 10,5 quilômetros de novas tubulações.

Também está prevista a construção de um reservatório com capacidade para armazenar 700 metros cúbicos de água, mais que o dobro da capacidade atual. O sistema, que se soma à Adutora de Siriji, será totalmente automatizado, garantindo mais eficiência operacional na distribuição de água em toda a cidade. Serão beneficiadas com a ação cerca de 15 mil pessoas.

Diante da população de Aliança, que marcou presença na solenidade, o governador defendeu a oferta de água de "maneira sustentável" para todas as regiões do Estado. “Sabemos que um dos grandes desafios de qualquer governante é tratar de maneira equilibrada e responsável a questão da água. Estamos enfrentando a estiagem em nosso Estado pelo quarto ano consecutivo. Estiagem que vem prejudicando - e muito - a qualidade de vida do nosso povo. Para enfrentá-la, uma série de ações estão sendo feitas. Temos um Plano de Convivência com a Estiagem, que está em implantação, onde estamos fazendo novos poços, mini-barragens, sistemas simplificados de abastecimento de água e dessalinizadores", detalhou Câmara.

O chefe do Executivo estadual destacou ainda a importância dos recursos hídricos para o desenvolvimento econômico dos municípios pernambucanos. “Os esforços são no sentido de trazer a água e concluir as obras de infraestrutura. Vamos adequar as cidades ao recebimento de novas empresas e à geração de novos empregos. Aliança já está recebendo água e vai receber, em breve, novas indústrias, com a construção de novas estradas e com a melhoria da qualificação dos seus jovens", assegurou Paulo.
Moradora de Aliança, a musicista Silvânia da Costa Silva, 47 anos, ressaltou a importância da ampliação do sistema diante do cenário de crescimento populacional da cidade. "Tudo que é bom é sempre bem-vindo. Isso deve melhorar muito o abastecimento; Aliança está crescendo, há muitos loteamentos, todo ano aumenta o número de casas. Então, a demanda é muito grande de água", explicou.

Nascida e criada no município, Vilma Lucia da Rocha, 31, já percebeu, no seu cotidiano, a melhoria do abastecimento na cidade com a operação da Adutora do Siriji. "Dona de casa sem água não é nada. Há uns dois anos atrás, na rua onde eu moro, chegava água apenas uma ou duas vezes na semana. Agora melhorou bastante porque chega todos os dias", relatou a técnica de enfermagem, que mora com marido, dois filhos e a mãe.

Presidente da Compesa, Roberto Tavares endossou o aporte de investimentos em recursos hídricos feitos pelo Governo do Estado na região. "Além de Aliança, toda essa região aqui era muito prejudicada do ponto de vista do abastecimento de água. A maioria das cidades tinha captação a fio de água. No verão, sempre tinha problemas de cortar a captação. Nós fizemos um investimento muito grande de R$ 72 milhões, o Sistema Siriji, que atende a outras cidades e é um grande anseio da população da região", disse.

SIRIJI - Além do novo Sistema de Abastecimento de Água, o município de Aliança também foi beneficiado com o início da operação da primeira etapa da Adutora do Siriji, entregue em abril de 2014, pelo ex-governador Eduardo Campos. Ao todo, a intervenção beneficiará oito cidades. Na primeira etapa foram contempladas, além de Aliança, Condado, Itaquitinga, Buenos Aires e Vicência. Já na segunda etapa do projeto foram beneficiados os municípios de Machados, São Vicente Férrer e Macaparana. As cidades estavam com o abastecimento comprometido devido ao crescimento populacional e às limitações dos sistemas existentes.

Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-