quarta-feira, 29 de abril de 2015

Deus nos acuda: Goianenses sofrem com descaso e ineficiência na Saúde Pública

Se já não fosse um problema, a falta de estrutura, profissionais e remédios nas Unidades de Saúde da Família em Goiana, o Hospital Regional Belarmino Côrreia (HRBC) vem demonstrando, há anos, que sequer comporta pacientes exclusivos do município, quem dirá da região. Idosos, crianças, grávidas e trabalhadores em geral são obrigados a passar horas e horas aguardando uma possibilidade de serem atendidos por alguns médicos, que chegam atrasados para seus plantões de 24 horas (que deveriam iniciar as 09h) e, que quando lhe convêm, vão descansar na Sala de Repouso e só retornam quando bem desejar ou na maioria dos casos, quando já acumulam dezenas de pessoas na recepção.

O internauta Valter Rocha fez um apelo ao governador Paulo Câmara, "A população desta cidade tem pressa, está no limite dos limites. Há necessidade de expansão deste Hospital. A população basicamente triplicou e a unidade de atendimento é a mesma, pedimos vossa solidariedade no sentido de agilizar a inauguração da área reformada. Só sabe quem está a espera por um atendimento médico. O potencial desta cidade não é só eleitoral e sim produtivo para o Estado de Pernambuco", declarou.

Não é a toa que atualmente a urgência/emergência do HRBC está localizada na Rua dos "Martírios", palavra que significa calvário, suplício, aflição e grande sofrimento. É justamente assim que os pacientes descrevem suas experiências na unidade, que vem sendo criticada pela falta de profissionais qualificados que prestem um serviço de qualidade à todos igualmente.

"É muito triste e revoltante ver a realidade como se encontra o único hospital público do município. Os médicos sem equipamentos de trabalho, sem poder diagnosticar um paciente. Laboratório sem fazer exames. Tudo sujo, um mal cheiro horrível. Os banheiros imundos. A situação tá difícil. Cadê as autoridades estaduais e municipais para resolver isso?", criticou a goianense, Jéssyca Alvino.

Segundo o Governo do Estado de Pernambuco, a reforma do HRBC deverá ser finalizada nas próximas semanas. A unidade de saúde recebe pacientes dos municípios de Goiana, Condado, Itaquitinga, Aliança, Camutanga, Itambé, Timbaúba e Macaparana.




1 Comentários:

Liberdade de expressão! disse...

O Estado como sempre ausente quando se trata de suas responsabilidades. Vale salientar que o Corpo de Enfermagem se vira nos 30 para medicar os pacientes, correr para sala de nebulização e quando chega um paciente no vermelho fica ainda mais complicado. Vamos cobrar do Governador do Estado, afinal o Hospital é responsabilidade dele. Enquanto isso o Secretário de Saúde do Estado dorme em berço esplêndido . E a população que vá se ferrar

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-