sábado, 25 de abril de 2015

Alarmante: Número de casos de dengue segue crescendo e chega a 22,3 mil notificações em Pernambuco

Quantitativo representa aumento de 433,94% em relação ao mesmo período de 2014.

O número de casos de dengue segue aumentando no Estado. Até 11 de abril, foram 22.324 notificações, com 4.003 ocorrências confirmadas em 173 municípios pernambucanos. O quantitativo representa um aumento de 433,94% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 4.181 notificações e 1.518 confirmações. Na comparação com os dados coletados até 4 de abril, que foram divulgados no último dia 13, também é possível perceber a curva ascendente. Até essa data, tinham ocorrido 18.431 registros, com 2.987 confirmações.

O Recife tem o maior número de vítimas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue: 5.710. Na sequência, vêm Jaboatão dos Guararapes (1.116), Camaragibe (1.064) e Goiana (829), totalizando 8.719 registros, o equivalente a 39,06% do total do Estado. Desde o início do ano, foram notificados 25 casos graves da doença, dos quais 19 foram confirmados, ante 21 diagnósticos, no mesmo período de 2014. Doze óbitos suspeitos estão em investigação, contra 18 confirmações, no ano passado.

Entre os dias 15 de fevereiro e 11 de abril, os municípios com alta incidência, ou seja, número de casos por 100 mil habitantes, foram Itapetim (1.306,39), São José do Egito (1.238,40), Pedra (1.226,34), Venturosa (1.018,91), Sanharó (985,50), Condado (870,01), Goiana (836,67), Itaquitinga (832,53), Surubim (746,84), Fernando de Noronha (728,16), Iguaraci (726,25), Belo Jardim (578,57), Limoeiro (576,90), Calumbi (539,22) e São Bento do Una (522,39).

Entram na lista também Toritama (511,76), Buenos Aires (493,29), Ingazeira (460,22), Betânia (456,47), Macaparana (437,68), Jataúba (435,30), Vertentes (431,03), Lagoa do Carro (423,26), Iati (416,62), Camaragibe (397,15), Santa Cruz do Capibaribe (396,04), Casinhas (394,67), Vitória de Santo Antão (389,26), Tabira (334,80), Carpina (330,45), Manari (326,47), Afogados da Ingazeira (322,87) e Pesqueira (307,13).

FolhaPE

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-