domingo, 8 de fevereiro de 2015

Pernambuco: Em reunião com prefeitos, Armando defende mudanças no traçado do Arco Metropolitano

A construção do Arco Metropolitano, via que pretende “desafogar” o trânsito da BR-101 e dar suporte ao escoamento da produção da fábrica da Jeep, do Grupo Fiat, em Goiana, na Zona da Mata Norte, ainda terá muitos capítulos. Nesta sexta-feira (6), o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto (PTB), se reuniu, no Recife, com o grupo de cinco prefeitos da área Norte da Região Metropolitana que querem mudar o traçado do projeto.

Com o apoio de Armando, os prefeitos Mário Ricardo (Igarassu), Cal Viola (Itapissuma), Junior Matuto (Paulista) e Joamy Alves (Araçoiaba), defendem que o Arco tenha como ponto de chegada o trecho da BR-101 no município de Igarassu e não em Goiana, como está previsto. Para o grupo, que de gestores, que seriam beneficiados com a mudança, isso afastaria a possibilidade de criação de novos pontos de congestionamento, evitando o uso da BR-408 como parte do Arco Metropolitano.

“Não podemos excluir um território importante de Pernambuco, onde já temos uma presença de muita densidade econômica e de muita importância social”, ressaltou Armando, explicando que atuará no governo federal, junto com os prefeitos, para viabilizar a proposta. A obra está orçada em R$ 1 bilhão e ainda aguarda a liberação técnica em áreas de preservação ambiental para sair do papel e ser licitada. Como está viajando, o prefeito de Abreu e Lima, Pastor Marcos José, enviou representantes.

Fonte: Diario de Pernambuco

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-