terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Não Perca: Camaleão Grupo De Dança integra o 21º Janeiro de Grandes Espetáculos em Goiana‏

14ª coreografia, “Retina”, assinada por Jorge Garcia, marcou os 30 anos de trajetória do grupo em 2014

Os mineiros do Camaleão Grupo de Dança integram em Goiana a programação do 21º Janeiro de Grandes Espetáculos com o mais recente espetáculo: “Retina”. A única sessão é realizada no dia 30 de janeiro (Sexta-feira, às 20H), no Teatro do Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira SESC Goiana (Rua Do Arame S/N, Goiana). Os ingressos custam R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia) e podem ser adquiridos pelo site www.compreingressos.com/janeirodegrandesespetaculos ou pela central de vendas (81) 8870-3247. A coreografia marcou os 30 anos de fundação do grupo e é o 14º trabalho e a 2ª parceria com o premiado Jorge Garcia (a primeira foi em 2007 com “Tá Passando”). A direção artística de Inês Amaral e a direção geral de Marjorie Quast.

Esta é a segunda participação no festival (a 1ª foi em 2012, com “Vai Com Deus”, de Tuca Pinheiro, e “Horas Possíveis – Enquanto o Lobo Não Vem...”, de Chico Pelúcio e Lydia Del Picchia). Ainda neste mês, depois de passar por Recife (dias 24 e 25) e Caruaru (28), o espetáculo integra, em fevereiro, em Belo Horizonte, a Campanha de Popularização do Teatro e da Dança.

Para 2015, estão entre os planos do grupo apresentações em New York, nos Estados Unidos (à convite do Dixon Place), uma turnê à convite do SESC Rio de Janeiro (capital e interior) e uma residência artística via Iberescena com os bailarinos Omar Carrum (México) e Wladimir Rodriguéz (Colômbia), como preparação para uma nova montagem.
O ESPETÁCULO
A partir de questões sobre a capacidade humana de reter informações visuais é que surgiram os movimentos levados ao palco por cinco bailarinos para discutir o excesso de informações. “Partimos desse aspecto subjetivo para perceber o quanto nos rendemos a esse excesso de informação: quem seguimos, quais comportamentos nos influenciam, enfim, tudo que nos afeta ao redor. Então, chegamos à retina – a parte do olho onde se formam as imagens – esse filtro em que o claro e escuro, sombra e luz se misturam”, comenta Marjorie Quast, diretora geral do grupo desde sua formação. O coreógrafo pernambucano Jorge Garcia completa: “O homem contemporâneo não cessa de consumir imagens, seu olhar acolhe mais que a sua capacidade de refletir sobre elas”. E finaliza: “Nessa obra, cada olhar refletido questiona o estatuto da realidade”.

A trilha sonora, assinada por Kiko Klaus, é composta por canções de Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kurt Cobain e Amy Winehouse – ídolos marcados pelo excesso e a transgressão que morreram aos 27 anos. Com isso, criou-se um ambiente urbano em que os movimentos da dança de rua se misturam a dança contemporânea.

“Retina” conquistou as categorias de Melhor Espetáculo, Melhor Iluminação, Melhor Cenografia e Melhor Trilha Sonora no 1º Prêmio Copasa/SINPARC de Artes Cênicas MG – 2013, além do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2013 de Circulação. A estreia foi na cidade-sede do grupo, Belo Horizonte, em novembro de 2013, e seguiu para apresentações no interior de Minas Gerais, em quatro cidades do Nordeste (RN e PB) e Manaus (AM), em 2014. É ainda a primeira montagem inédita desde “Horas Possíveis – Enquanto O Lobo Não Vem...“ (2011), de Chico Pelúcio e Lydia Del Picchia (ambos do Grupo Galpão), espetáculo de rua que segue em repertório.

Os mais de 30 ANOS do CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA
O CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA é uma companhia estável, que tem em seu repertório 14 montagens assinadas por 11 destacados profissionais nacionais e internacionais, entre eles Carlota Portela, Mário Nascimento, Luís Arrieta, Tindaro Silvano e Tuca Pinheiro. Em parceria com o NÚCLEO ARTÍSTICO, criado em Belo Horizonte em 1978, participam, incentivam, criam e divulgam a dança cumprindo com o seu compromisso social de educadores e difusores culturais, se tornando o berço de renomados artistas nacionais. Por isso, é uma das companhias representativas do país por seu aspecto plural – da pedagogia e formação consistente na dança a realização de espetáculos de estilos variados. O CAMALEÃO transforma o pensamento e a dança ao longo dos anos investindo em novos caminhos, novas possibilidades de pesquisa e criação, aprimorando constantemente a qualidade de suas produções.

NÚCLEO ARTÍSTICO
Considerada uma das mais importantes escolas de dança de Minas Gerais, o NÚCLEO ARTÍSTICO tem à frente a diretora, dançarina, coreógrafa e professora Marjorie Quast. É uma das referências no ensino e difusão da dança no país, formando centenas de crianças, adolescentes e adultos na arte da dança e possui o Selo de Qualidade do ISO 9001:2008. Por isso, tem se destacado como uma das escolas mais atuantes na realização de projetos de inclusão social em Minas Gerais e no Brasil.

SERVIÇO
CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA com o espetáculo “Retina” no 21º Janeiro de Grandes Espetáculos
Única Sessão - Dia 30 de janeiro de 2015, Sexta-feira, às 20H.
Teatro do Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira Sesc Ler Goiana (Rua Do Arame S/N, Goiana).
Os ingressos custam R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia) e podem ser adquiridos pelo site www.compreingressos.com/janeirodegrandesespetaculos ou pela central de vendas (81) 8870-3247.
Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-