sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Violência: Pela primeira vez em oito anos, homicídios aumentam quase 9% em Pernambuco

Pela primeira vez desde a implementação do programa Pacto pela Vida, no início da gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB), em 2007, o número de homicídios aumentou em Pernambuco no ano. De acordo com balanço feito pela Secretaria de Defesa Social (SDS), divulgado nesta sexta-feira (26), houve um crescimento de 8,73% no índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) de janeiro a novembro de 2014 em relação com o mesmo período de 2013. No balanço total dos oito anos, o Pacto conseguiu reduzir o número em 33,7%.

Em 2004, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes no Estado era de 50,86, aumentando para 56 em 2007, quando o programa saiu do papel. Desde então, vem sendo reduzido e chegou a 34,12 por 100 mil habitantes em 2014, mesmo com o crescimento deste ano. “Mudamos a realidade de um Estado que era reconhecido como um dos mais violentos”, afirmou o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho.

Para o secretário, são vários os motivos que levaram ao crescimento no número de CVLI. Entre eles, estão a greve da Polícia Militar realizada em maio; a reivindicação de PMs pela aprovação da PEC 300, que estabelece que a remuneração dos policiais militares dos estados não pode ser inferior à do Distrito Federal, com subsídio do governo federal; e a operação-padrão dos delegados da Polícia Civil.
O secretário também justifica o aumento usando a Copa do Mundo e o período eleitoral. “Interferiu na forma de condução de algumas pessoas dentro do processo”, afirmou Alessandro Carvalho.

Apesar do resultado negativo deste ano, alguns municípios, principalmente no interior, se destacaram nos resultados do programa. Um deles foi Salgueiro, no Sertão, onde o número de homicídios diminuiu 51% este ano. Nos oito anos de Pacto pela Vida, no entanto, o Sertão foi a região em que houve a menor redução de CVLI, com 26,27% menos crimes no período. A diminuição na Região Metropolitana do Recife foi de 57,3%.

BlogdeJamildo

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-