segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Goiana: "O que falta mesmo é a boa vontade da Prefeitura. E nem isso a população vê!", criticou comerciante

Os moradores do Loteamento Boa Vista, em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, denunciaram a falta de boa vontade da Prefeitura para a realização de uma simples obra na comunidade. Segundo o comerciante Ozival Dornelas, popular "Paraíba", e o motorista Eliel José, o "Cabeça de Queijo", o problema já foi comunicado a Secretaria de Obras desde o início da gestão, em 2013, e nada foi realizado. A obra além de facilitar a acessibilidade dos moradores do alto da Boa Vista, também atenderia a um dos critérios de instalação do Posto de Saúde da Família (PSF) que ainda será implantado.

"O que falta aqui é uma passarela, mesmo que paliativa, ligando a comunidade do alto da Boa Vista com a área baixa, apenas isso. O serviço é necessário por causa de um córrego, que corta o Loteamento e, por isso, os moradores tem que andar muito mais para desviar da imundice. Já conseguimos as manilhas e nos comprometemos, inclusive, de trabalhar em conjunto com a Prefeitura para que todos pudessem ser beneficiados, mas nem isso querem. Isso é uma vergonha. Essa obra é resolvida com um dia de trabalho, apenas um dia. O que falta mesmo é a boa vontade da Prefeitura. E nem isso a população vê!", criticou Ozival.

"Eu até me ofereci como operador de retroescavadeira, que também sou, pra auxiliar os trabalhos, pois sei que esse serviço vai beneficiar e muito nossa comunidade, mas não sabemos mas a quem recorrer. Vai fazer dois anos que explicamos ao prefeito Fred Gadelha o que seria necessário e até agora nada, só promessas. É uma vergonha ter que depender de um órgão público que não faz nada, mesmo com a contrapartida da população", comentou Eliel.

Ainda segundo os denunciantes, além da obra citada, o Loteamento Boa Vista também sofre com o matagal e o péssimo serviço de coleta de lixo domiciliar.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-