quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Educação gratuita: Provão do Sesi e Senai acontece neste domingo (21) em nove cidades

Candidatos disputam oportunidade de cursar o Ensino Médio articulado à Aprendizagem Profissional

Quase 3.8 jovens em todo o Estado encaram, neste domingo (21), das 14h às 17h, o “provão” do programa Educação Básica e Educação Profissional (Ebep), desenvolvido em parceria pelo Sesi e Senai Pernambuco. Os aprovados terão a oportunidade de cursar, de forma gratuita e simultânea, o Ensino Médio e um curso técnico voltado à carreira industrial. Ao todo, são oferecidas 761 vagas em nove cidades da capital e do interior.

As provas com 40 questões de português e matemática, elaboradas por professores da Universidade Federal Rural de Pernambuco, acontecem em 10 unidades do Sesi distribuídas por Recife, Paulista, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Escada, Goiana, Araripina e Petrolina; além de três escolas da rede pública estadual no Recife, Paulista e Petrolina.

“Este ano, registramos cerca de 600 inscrições a mais que em 2013. Esse dado reflete o interesse crescente dos pernambucanos pela carreira industrial. Sair do Ensino Médio já com uma qualificação técnica é, sem dúvidas, um diferencial para esses jovens”, diz a analista de educação do Sesi/PE, Noêmia Fortunato.

O gabarito definitivo do “provão” estará disponível já na terça-feira (23). “O resultado final será divulgado a partir de 05 de janeiro, nos sites das entidades, e as matrículas iniciam no mesmo dia”, completa Fortunato.  Outras informações pelo telefone (81) 3412.8585.

Concorrência - Na Região Metropolitana do Recife, as escolas do Ibura e Paratibe foram as mais procuradas pela população, com 755 e 603 inscrições, respectivamente. Já no interior do Estado, Petrolina lidera o ranking, com 600 candidatos na disputa. Cada unidade oferece 80 vagas.

Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-