quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Música: Paulo Neto se firma como um intérprete

O cantor que trocou Condado, na Mata Norte, por São Paulo, volta ao Recife para lançamento da nova edição de seu primeiro disco, com três extras.

O cantor pernambucano Paulo Neto está de volta ao Recife para apresentar a reedição do primeiro álbum de carreira Dois animais na selva suja da rua (2012), com novas faixas que incluem músicas de Marcelo Jeneci, Moraes Moreira e outra composição da pernambucana Isabela Moraes.

Há seis anos, Paulo saiu de Condado, na Zona da Mata do Estado, trocando os trios elétricos do Carnaval e os barzinhos pela carreira musical em São Paulo. A intenção por aqui, deveria também ser de descanso. Mas a agenda de shows, não tem permitido esse privilégio.

"Desde que cheguei, a rotina tem sido ensaiar para os shows. É um desassossego prazeroso, de ansiedade, por tudo estar acontecendo, e bem", ressaltou o músico.

As apresentações começaram pelas cidades de Goiana, Nazaré da Mata e Condado - cidades que receberam a Mostra Canavial de Cinema - e termina hoje, com um pocket show na Livraria Cultura do Paço Alfândega, às 20h. "Volto neste domingo para São Paulo para dar sequência à programação de shows que tenho por lá", contou.

E esse retorno à capital paulista parece que vai lhe proporcionar mais alguns dias agitados. Além do show de reedição do disco, ele se apresenta com o projeto Baile frevo rasgado, que leva até o público a sonoridade do ritmo pernambucano, com a participação de convidados da terra, entre eles, o Maestro Spok.

"As músicas de Carnaval deram o pontapé inicial em minha carreira, quando cantava em trios elétricos em Condado e no Recife. Ousei resgatar algumas composições no Frevo rasgado e o retorno do público tem sido muito gratificante", comemora Paulo. Além da participação de Spok, que também faz os arranjos, Paulo Neto sobe ao palco com a pernambucana Ylana Queiroga.

O cantor já trabalha na produção do próximo disco que, segundo ele, "vai ter uma pegada regional e contemporânea, ao mesmo tempo". O álbum vai contar novamente com os toques pernambucanos de Spok e do cantor Lula Queiroga. Além de músicas autorais e uma capa confeccionada pelo próprio Paulo Neto.

Em Dois animais na selva suja da rua o público vai ouvir, entre outras, músicas de Belchior, Noel Rosa, Ataulfo Alves e de Isabela Moraes. "Algumas das minhas canções nasceram especialmente para a voz dele", confessa, orgulhosa, a compositora Isabela.

Pocket show de Paulo Neto - hoje, às 20h. Livraria Cultura, Paço Alfândega. Rua Madre de Deus, s/nº, Bairro do Recife. Informações: 2102-4033.
Fonte: Jornal do Commercio

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-