domingo, 2 de novembro de 2014

Economia: Fiat já recebeu R$ 893 milhões

A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) já liberou R$ 893 milhões para a construção da fábrica da Jeep, do grupo Fiat Chrysler, em Goiana, Zona da Mata Norte. Até 2015, outros R$ 815 milhões devem ser repassados. Os recursos integram o financiamento do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE).

“A liberação dos recursos depende do andamento da obra. Quando a empresa solicita, nós fazemos uma vistoria e realizamos o desembolso. Como a obra está evoluindo em um ritmo muito bom acreditamos que o repasse pode acontecer até mesmo antes de 2015”, afirmou o diretor de Gestão de Fundos, Incentivos e Atração de Investimentos da Sudene, Henrique Tinoco.

O projeto possui um investimento total de R$ 7,5 bilhões, incluindo fábrica, pista de testes, centro de engenharia e as empresas sistemistas (fornecedoras). Deste total, R$ 1,9 bilhão são oriundos do financiamento obtido pelo FDNE. Segundo informações da Diretoria de Gestão de Fundos e Incentivos e de Atração de Investimentos da Sudene (DFIN), responsável pelo FDNE, estão sendo financiados 72,66% das obras civis da fábrica de automóveis, 100% das obras civis do parque de fornecedores e 100% das máquinas compradas no país.

O empreendimento da Fiat é o segundo maior em volume de recursos oriundos do FDNE. O primeiro é o da Transnordestina. O financiamento tem 12 anos de amortização com taxas de juros de 2,5% ao ano. O grupo também possui empréstimos junto ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB) – R$ 888 milhões – e ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – R$ 2,4 bilhões. O valor restante é do cofre do montadora.

O projeto Pernambuco do Grupo Fiat Chrysler ocupa um terreno de 14 milhões de metros quadrados e está sendo considerado o mais moderno do mundo. A unidade terá capacidade para produzir 250 mil veículos por ano e 120 mil motores. A promessa é de que todo o polo automotivo gere 12 mil empregos. A previsão da montadora é iniciar a comercialização de automóveis no primeiro trimestre de 2015.

DiariodePernambuco

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-