quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Goiana: Primeiro restaurante da FIAT entra em operação

Capacidade é servir 1.500 refeições diariamente na fábrica

O primeiro dos cinco restaurantes do polo automotivo ancorado pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA), em Goiana, já está em operação. Com capacidade para preparar e servir 1,5 mil refeições por dia, o empreendimento atenderá os trabalhadores do setor de prensas a planta. Atualmente, 950 pessoas trabalham na fábrica e, até primeiro trimestre do ano que vem, devem ser contratadas mais 850. A expectativa é de que, nos próximos 18 meses, a produção aumente e junto com os outros restaurantes chegue até dez mil refeições/dia.

O estabelecimento inaugurado, ontem, foi erguido com arte dos R$ 7 bilhões que estão sendo investidos pela CA no polo. De acordo como diretor corporativo da Sapore, Diogo Lombas, a empresa investiu R$ 2 milhões na compra instalação dos equipamentos. “Trabalhamos como que há de mais moderno em termos de tecnologia, e não foi diferente essa primeira cozinha da fábrica da Fiat. Com mais este contrato esperamos um incremento de 30% nas nossas operações”, comemorou Lombas.

Segundo o executivo, os cinco restaurantes deverão gerar 250 postos de trabalhos diretos, e todas as vagas serão ocupadas por pernambucanos, e preferência os que moram o entorno do polo automotivo. “Faz parte da política da nossa empresa valorizar a mão de obra local, também por uma questão de logística. Fizemos o treinamento e a integração dos primeiros colaboradores e será assim para que todos ocupem as vagas”, explicou Lombas. Atualmente, a Sapore tem quase mil colaboradores na regional, que possui sede no Estado, e mais de 15 mil em todo o País. Todo o alimento servido no restaurante do setor de prensas do polo automotivo virá processado do centro de distribuição que a Sapore tem na Bahia. “Investimos muito na nossa área de pesquisa e desenvolvimento para reduzir os gastos com insumos diretos, como água e energia, e de resíduos. Por isso, trabalhamos com uma cadeia de abastecimento que garante uma maior qualidade das refeições, com os alimentos vindos devidamente processados de maneira que podemos oferecer uma alimentação padronizada”.

Interessada em ampliar os investimentos no Estado, a Sapore, que há um mês também fechou contrato com o Grupo Vitarella, deve inaugurar em, no máximo, 90 dias um centro de distribuição em Pernambuco. “As nossas expectativas são as melhores com essa inauguração de hoje (ontem), estamos ganhando mais visibilidade e nos firmando cada vez mais no segmento de alimentação corporativa, porque acreditamos no crescimento do Estado e da Região”, destacou Lombas.

Folha de Pernambuco

1 Comentários:

Cesar Braga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-