sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Polêmica: Vereador Bruno Salsa se pronuncia sobre matéria da Band

O vereador do município de Goiana, Bruno Salsa (PR), declarou, na manhã desta quinta-feira (23), seu repúdio sobre a polêmica matéria veiculada pela Band, apresentada pelo repórter Caiã Messina, na última terça-feira (21), durante a visita da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, no município. Na matéria veiculada pela emissora e disseminada pelas redes sociais, o repórter utiliza termos que menosprezam a cidade.

Em seu discurso na Casa José Pinto de Abreu, Bruno Salsa, criticou a fala do jornalista, "Como você (Caiã) chega em nossa cidade e abre uma reportagem dizendo que 'Goiana é uma cidade pobre e que um jumento custa R$ 30'? Quero dizer que Goiana tem a maior fábrica da FIAT do mundo, Goiana tem a única fábrica de hemoderivados da América Latina e Goiana tem a maior fábrica de vidros planos do Brasil, e Goiana é uma cidade pobre, Sr. Caiã Messina? Procure se informar e buscar mais informações sobre a cidade, antes de dizer coisas absurdas, pois você é uma pessoa analfabeta. Que de forma arrogante e despreparada vem dizer que Goiana é uma cidade que não se desenvolve. Faço questão de mobilizar os nobres legisladores para que possamos levar para toda a imprensa, seja ela municipal, estadual ou nacional, tornando público a nossa revolta em relação a esse repórter. A nossa cidade deve ser respeitada. Goiana é uma cidade histórica, vem avançando e precisa de mais respeito", disse o vereador.

Bruno também declarou sua revolta no perfil pessoal do Facebook. Ele, inclusive, incentivou os amigos a criticarem a conduta do repórter através do canal 'Fale Conosco' da emissora (www.band.uol.com.br/faleconosco/). Confira a imagem e o vídeo de sua declaração.

Assista o polêmico vídeo CLICANDO AQUI.

2 Comentários:

maria silva disse...

Na verdade, Goiana foi sempre uma cidade industrial: tínhamos duas usinas de açúcar em pleno funcionamento, fabrica de tecidos e ainda, em atividades, fábricas de papel, de cimento de cal e etc. Só que tínhamos grandes gestores, que cuidava de nossa cidade tornando-a mais linda. Quem tem uma certa idade lembra de nossas praças e logradouros, nosso rico patrimônio histórico (hoje perdido, desgastado pelo tempo) preservados. Nossas tradicionais festas, que alavancava o turismo, movimentando o comércio e gerando receitas, hoje praticamente acabadas. Por falta, agora, de uns tempos para cá, de gestores competentes que não só veja o seus boços. E isso é a consequência da mal impressão que passa de nossa cidade ao povo que vem de fora, apesar dos grandes investimento atraídos para cá.

diogenes lemos compositor disse...

Concordo plenamente com Maria Silva! Tudo que ela falou é verdade! Acho realmente um absurdo o que o reporte falou da nosso cidade. Acho ainda que os vereadores deveriam sim lutar por coisas mais importantes como por exemplo, cuidar das nossas ruas que se encontram numa situação precária, cheias de buracos, sujas, esgotos a céu aberto! isso sim era o que nossos vereadores deveriam fazer que são coisas que esperamos a muitos anos. Vereadores, andem pelas ruas e veja a situação da nossa cidade antes que outros reportes venham e falem o que esta acontecendo realmente. Acho também que desde que se formou aquele buraco que fica depois do viaduto que da acesso a PE 75, que a cada dia esta aumentado e outros que ficam adiante, vocês vereadores não estão passando por lá, pois nada foi feito ainda! Essa semana dois caminhões estavam quebrados por motivo dos buracos, até de moto esta difícil de transitar, Tem rua rua por traz da delegacia que esta precisando de manilhas e um simples aterro que no meu ponto de vista é muito fácil de ser feito.Briguem por isso antes que aconteça um acidente. Sei que vocês tem muita influência e que possam nos ajudar.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-