quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

MPPE: Eduardo Campos nomeia Aguinaldo Fenelon de Barros procurador-geral

O governador Eduardo Campos nomeou, na tarde desta quinta-feira, o promotor Aguinaldo Fenelon de Barros para o cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). O promotor será empossado no próximo dia 10 e irá exercer o cargo máximo da instituição durante o biênio 2011-2012.

Aos 55 anos, Aguinaldo Fenelon recebeu 174 votos e foi o mais votado dentre os que figuraram na lista tríplice enviada ao governador na última segunda-feira após eleição interna no MPPE. Os promotores Waldemir Tavares Filho, com 151 indicações, e Clóvis Sodré, com 129, também compunham a lista.

Graças à uma mudança no artigo 8º da Lei Orgânica do Ministério Público sancionada pelo governador no dia 14 de dezembro de 2009, esta foi a primeira eleição na qual os promotores puderam concorrer ao cargo máximo do MPPE. Anteriormente, apenas procuradores poderiam se candidatar ao cargo máximo da instituição.
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-